Home  >  Blog

Blog

Conheça o Programa Bilíngue do Pensi: Porque um segundo idioma abre portas para o futuro.



Uma educação de qualidade para nossos pequenos alunos é uma base essencial para a formação de adultos realizados e bem-sucedidos.

O Pensi acompanha as mudanças do mundo e entende a necessidade de introduzir, o quanto antes, a língua franca global: o Inglês abre as portas do mundo.

Portanto, em 2019, nas unidades Recreio II e Tijuca I, daremos início ao Programa Bilíngue para as turmas de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental I. E para as demais turmas do segmento, ofereceremos o English Plus – um programa diferenciado de estudo da língua inglesa, que objetiva ofertar aos alunos uma aprendizagem sólida do idioma.

Quanto mais jovem a criança, mais rápido ela aprende. Isso porque o cérebro infantil dispõe de espaços livres para construção, possibilitando a absorção de conteúdo de forma mais veloz.

A aprendizagem de um novo idioma, quando criança, aumenta as conexões cerebrais, melhora o raciocínio e desenvolve a criatividade.

 

>> Tem dúvidas sobre o Programa Bilíngue? Saiba mais em nosso FAQ:

 

1 – O que é ser uma escola com um Programa Bilíngue?

Uma escola onde as crianças serão alfabetizadas em português, com a possibilidade de desenvolver a capacidade de entender, ler, escrever e conversar fluentemente em uma segunda língua.

2 – Qual a diferença entre Escola com um Programa Bilíngue e Escola Internacional?

A Escola com um Programa Bilíngue alfabetiza na língua materna, segue o currículo brasileiro e possui um segundo idioma inserido na rotina escolar da criança. A Escola Internacional desenvolve o currículo e a cultura de outro país, o que faz com que a maneira como as crianças aprendam determinadas disciplinas e o peso dado ao Português seja diferente.

3 – Quais são as vantagens de se estudar em uma Escola com um Programa Bilíngue?

Sabemos que crianças bilíngues desenvolvem capacidades cognitivas que não são encontradas em monolíngues. Na infância, a aprendizagem de mais de um idioma é uma forma positiva de desenvolver o cérebro das crianças: aumenta as conexões cerebrais, melhora o raciocínio e desenvolve a criatividade.

Se exposto, quando jovem, a um idioma estrangeiro, além da língua materna, essa língua adicional não será um problema e o domínio dela será um importante facilitador na mobilidade global e um diferencial na vida acadêmica e profissional.

4 – As turmas bilíngues são mais difíceis do que as turmas regulares?

Não, na verdade os conteúdos previstos são os mesmos tanto para as turmas bilíngues quanto para as regulares. O que muda são as várias maneiras de apresentação, que no programa bilíngue são vistas na segunda língua.

5 – Qual a diferença do inglês de uma escola com um Programa Bilíngue e o de uma escola de idiomas?

O inglês desenvolvido na escola de idiomas tem uma exposição reduzida durante as aulas, em poucas horas na semana e se prende a um vocabulário mais genérico para a comunicação.

No Programa Bilíngue do Recreio II, cria-se um ambiente propício ao     desenvolvimento da segunda língua porque os alunos terão 5 tempos semanais de Inglês. Além disso, as turmas bilíngues ensinam por meio da segunda língua e não apenas ensinam a segunda língua. Já no Programa Bilíngue da Tijuca I, os alunos terão 10 tempos semanais de Inglês.

6 – Os alunos não confundem os dois idiomas – Inglês e Português?

Não há confusão. Inicialmente, a criança mistura os dois códigos (“code mixing”) até que adquira competência na segunda língua e passe a trocar de um código para outro quando desejar (“code switching”).

7 – A aprendizagem da língua materna (Português) não fica prejudicada?

Não há prejuízo algum para a língua materna, pois morando no Brasil o tempo de exposição ao português é muito maior do que ao inglês. De qualquer forma, a escola fica atenta e toma os devidos cuidados quanto a distúrbios de linguagem e alfabetização. Inclusive, no nosso Ensino Fundamental I, a carga horária do currículo em Português é a mesma ou até maior do que a de qualquer outra escola brasileira.

8 – Os professores falam em inglês durante toda a aula? E o aluno, só pode falar em inglês durante as aulas?

Durante as aulas dadas pelo(a) ‘Teacher’, sim, tudo é falado em inglês. O objetivo é que o aluno também fale em inglês, mesmo que por vezes ele construa frases mesclando o inglês com o português.

9 – Como se dão as aulas das turmas bilíngues no dia a dia?

Durante as aulas em inglês desenvolvem‐se atividades nesse idioma, através do programa de “semi-imersão”. Nas outras aulas ocorre o ensino em português. Nosso currículo é estruturado com base na BNCC e nos PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais – MEC) e conforme as necessidades e as possibilidades de cada aluno, para respeitar e atender suas diferenças específicas.

10 – Quantos professores os alunos do Bilíngue têm?

No Fundamental 1 teremos um(a) ‘Teacher’ para as aulas em inglês e um(a) “Profe” para o ensino em português.

11 – Qual é a formação dos professores das turmas bilíngues?

Os professores regentes de Português (Profes) são Pedagogos(as) e os regentes de Inglês (Teachers) são profissionais formados, em geral, em Letras (proficientes em inglês com experiência em EI e EF1) ou Pedagogos(as) com proficiência em inglês.

12 – Qual é o material didático utilizado nas turmas bilíngues?

O material é específico para cada nível, podendo ser anual ou semestral. Utilizamos livros didáticos produzidos por editoras internacionais e materiais produzidos pelo(a) ‘Teacher’.

13 – Os pais precisam saber inglês também? Como posso ajudar meus filhos nas tarefas de casa, se não sei inglês?

Os pais não precisam saber inglês. A recomendação é a mesma que adotamos para as outras disciplinas: ajude o seu filho sem ultrapassar o limite do seu próprio conhecimento. Caso haja algo que ele não consiga fazer e você não sabe, a pessoa certa a quem ele deve dirigir a dúvida é o(a) ‘Teacher’ na sua escola. E lembre-se sempre de que é mais importante estar junto do seu filho nos momentos da tarefa de casa, do que de fato conseguir realizá-las.

14 – Como vou saber se meu filho está aprendendo inglês ou não?

Durante o ano letivo, promovemos eventos em que as crianças apresentam aos pais o que têm aprendido. Além disso, em diferentes momentos do Ensino Fundamental I, os alunos farão os prestigiosos exames da Michigan Language Assesment (Universidade de Michigan – EUA), aplicados aqui na nossa escola. Assim, haverá uma certificação com diploma de uma entidade mundialmente reconhecida.

15 – A escola adota uma tendência específica quanto à pronúncia? O inglês de vocês é britânico ou americano? Meu filho vai ficar com sotaque?

No nosso Programa Bilíngue, a tendência é para o inglês padrão dos EUA. Porém, ao longo dos anos, os alunos são expostos a diversos sotaques, o que os prepara para usar o inglês como um idioma internacional.  Embora o consenso entre linguistas seja de que o importante é a inteligibilidade e não o sotaque, na infância, a musculatura facial e a capacidade para a produção dos fonemas ainda estão em desenvolvimento, o que possibilita à criança reproduzir sons presentes em outras línguas, adquirindo melhor pronúncia e fluência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias
Tags
06 metodologias ativas06 metodologias ativas de aprendizagem1º lugara importância de aprenderAcolhimentoAcolhimentosadaptado e capacitadoAFA 2018Agenda do Pensialfabetizaçãoalfabetização infantilaprenda inglêsaprendendo inglês como segundo idiomaAprendizadoatividades em altaAulãoautonomia ao estudanteboa escolaBolsão 2018calculo enemcarreira no imecarreiras do futuroCartacomo desenvolver habilidades socioemocionaiscomo se encaixarcomo se prepararCompetiçãoconcorrenciaCopa Pensicrianças inteligentescursinho pré vestibular rio de janeirocurso pré vestibular rjcurso preparatório para vestibularDesafio PUCdesenvolvimento de novas habilidadesDia das MãesDia do EstudanteDia do VestibulandoDia Internacional da MulherdicasDireitodúvidas sobre o ENEMEditaleducaçãoeducação infantil de zero a cinco anosEleva Pelo MundoenemEnem 2018enem para medicinaEngenharia de Produçãoensino e aprendizadoenvolvimento familiar na educaçãoescola de educação infantilescola e tecnologiaEspaço de CarreirasEspaço de Carreiras 2018estibulares de medicina mais concorridosestímulosestudarEstudar nas fériasestudar para medicinaestudar para o vestibularEventosfamília e escolafamília na escolafiesfim do Ensino Médioformação dos alunosfuturoGarra e aprovaçõesGOMhabilidades socioemocionais de crianças e adolescentesifanciaIMEimetodologias de ensino-aprendizagemimportância de apoiar os filhos em ano de vestibularimportância de aprender um segundo idiomainepinfantilInfantil Bilíngueinscriçãoinscrição eneminscriçõesITAJogos da Amizadelimites da tecnologia na educaçãoMatemáticaMedicinamedicina no Brasilmelhor aprendizadomelhor desempenhomelhores cursos pré vestibular rjmelhores profissões do futurometodologia de aprendizadometodologias ativas de aprendizagemmetodologias de ensino-aprendizagemminiprojetoMonitoresmudanças no mercadomudanças no mercado de trabalhoMúsicanota do enemnota enemnovos métodos de ensinoobjetivos da educação infantilOBMEP 2017OlimpíadaOlimpíada Brasileira de FísicaOlimpíada Canguru de MatemáticaOMERJomo lidar com a ansiedade em ano de vestibularOrientação VocacionaloscarPAA Pensipais e professores melhor desempenho escolarPalestraparticipação da família na escolaPáscoapassar no vestibularPensipensi colégio e cursoPensi em IsraelPensi FriburgoPensi Lobo TorresPensi MartinsPensi SolidáriopersistênciaPetrópolispor que fazer a prova do imepráticas pedagógicaspre vestibularpré vestibular medicina rjPremier Orchestral InstitutePrêmio Melhores AlunosPreparatório 5º anoprofissões do futuro 2020profissões em alta no brasilprofissões em alta no Brasil e no mundoprofissões em alta no mercado de trabalho para o futuroPrograma BilíngueProjeto de LIVProjeto EN/EFOMMProjeto RedaçãoProjeto Redação 2018Projeto UerjProjeto Uerj 2019qual escolherRecreio IIRegião Serranarelacionamento entre família e escolasegundo indiomaSemana Nacional do Meio AmbientesisuSolidariedadetecnologia na escolaTijuca ITurma MedicinaUerjUerj 2018Uerj 2019UFRJUnidadesUniversidade do AlgarveUniversidade do Portovantagens do imevestibularVestibular 2019vestibular de medicinavestibular de medicina rjvestibulares mais concorridosVolta às aulas
Recentes
Central de Atendimento
Tel: (21) 3443-0016
Email
faleconosco@pensi.com.br